Aplicação

A aplicação representa o contexto de execução do processamento de uma solicitação. Sua principal tarefa é a de receber uma solicitação do usuário e eviá-la para um controle adequado para o posterior processamento. Serve também como o lugar central para o processamento de configurações a nível da aplicação. Por esta razão, a aplicação é também chamada de controle de frente.

A aplicação é criada como um singleton pelo script de entrada. O singleton da aplicação significa que esta pode ser acessada em qualquer lugar pelo Yii::app().

1. Configuração da Aplicação

Por padrão, a aplicação é uma instancia de CWebApplication. Para personalizá-la normalmente é utilizado um arquivo de configuração (ou um array) para inicializar os valores de suas propriedades quando a instância da aplicação é criada. Uma alternativa para a costomização é estender o CWebApplication.

A configuração é um conjunto de pares do tipo chave-valor. Cada chave representa o nome de uma propriedade da instancia da aplicação, e cada valor a propriedade inicial correspondente. Por exemplo, a seguinte configuração altera as propriedades name e defaultController da aplicação.

array(
    'name'=>'Yii Framework',
    'defaultController'=>'site',
)

Costumamos salvar a configuração em um script PHP separado (ex.: protected/config/main.php). Dentro do script, retornamos o array de configuração do seguinte modo:

return array(...);

Para aplicar a configuração, passamos o nome do arquivo de configuração como um parâmetro ao construtor da aplicação, ou para o método Yii::createWebApplication(), como o seguinte exemplo que é feito normalmente no script de entrada:

$app=Yii::createWebApplication($configFile);

Dica: Se a configuração da aplicação é muito complexa, podemos dividí-la em vários arquivos, cada um retornando uma porção do array de configuração. Em seguida, no arquivo principal de configuração, chamamos a função include() do PHP para incluir o resto dos arquivos de configuração e combinamos em uma única array de configuração completa.

2. Diretório Base da Aplicação

O diretório base da aplicação é a pasta principal que contém todos os dados e scripts de PHP sensíveis à segurança. Por padrão, é um subdiretório chamado protected que está localizado sob o diretório que contém o script de entrada. Ele pode ser personalizado através da definição basePath, uma propriedade da configuração da aplicação.

O Conteúdo dentro do diretório base da aplicação deve ter o acesso protegido de usuários da Web. Com o servidor Apache HTTP Server, isto pode ser feito facilmente criando um arquivo .htaccess dentro do diretório base. O conteúdo do arquivo .htaccess deverá ser o seguinte:

deny from all

3. Componentes da Aplicação

As funcionalidades da aplicação podem ser facilmente customizadas e enriquecidas graças à arquitetura flexível de componentes. A aplicação gerencia um conjunto de componentes, que implementam recursos específicos. Por exemplo, a aplicação realiza um pedido de um usuário com a ajuda dos componentes CUrlManager e CHttpRequest.

Ao configurar as propriedades dos componentes da aplicação, podemos personalizar a classe e os valores das propriedades de qualquer componente usado na aplicação. Por exemplo, podemos configurar o componente CMemCache para que ele possa utilizar múltiplos servidores de memchache para fazer o caching:

array(
    ......
    'components'=>array(
        ......
        'cache'=>array(
            'class'=>'CMemCache',
            'servers'=>array(
                array('host'=>'server1', 'port'=>11211, 'weight'=>60),
                array('host'=>'server2', 'port'=>11211, 'weight'=>40),
            ),
        ),
    ),
)

Acima, adicionamos o elemento cache ao array components. O elemento cache indica a classe do componente, que é CMemCache e sua propriedade servers deve ser inicializada como no exemplo.

Para acessar um componente da aplicação, use Yii::app()->ComponentID, onde ComponentID refere=se ao ID do componente (ex.: Yii::app()->cache).

Um componente da aplicação pode ser desativado setando a propriedade enabled para false na configuração. O valor Null é retornado quando um componente desativado é acessado.

Dica: Por padrão, os componentes da aplicação são criados sob demanda. Isto significa que um componente pode não ser completamente criado se não for acessado durante uma requisição de um usuário. Conseqüentemente, o desempenho global não será prejudicado, mesmo em uma aplicação com muitos componentes. Alguns componentes da aplicação (ex.: CLogRouter) necessitam serem criados, não importando se estão sendo acessados ou não. Para fazer isso, liste os IDs na propriedade preload da aplicação.

4. Principais Componentes da Aplicação

O Yii predefine um conjunto de componentes principais da aplicação para fornecer funcionalidades comuns em aplicações Web. Por exemplo, o componente request é usado para processar pedidos do usuário e prover informações como URL, cookies. Ao configurar as propriedades desses componentes principais, podemos mudar o padrão de comportamento do Yii em quase todos os aspectos.

Abaixo, listamos os principais componentes que são pré-declarados pelo CWebApplication.

5. Ciclo de Vida de uma Aplicação

Quando processa uma solicitação de um usuário, a aplicação segue o ciclo de vida descrito a seguir:

  1. Pré-inicia a aplicação com o método CApplication::preinit();

  2. Configura as o auto-carregamento de classes (autoloader) e o tratamento de erros;

  3. Registra os principais componentes da aplicação;

  4. Carrega as configurações da aplicação;

  5. Inicia a aplicação com o CApplication::init():

    • Registra os comportamentos (behaviors) da aplicação;
    • Carrega os componentes estáticos da aplicação;
  6. Dispara o evento onBeginRequest (no início da requisição);

  7. Processa a requisição do usuário:

    • Resolve a requisição do usuário;
    • Cria um controle;
    • Executa o controle;
  8. Dispara o evento onEndRequest (ao fim da requisição);

$Id: basics.application.txt 846 2009-03-17 17:35:33Z qiang.xue $

Be the first person to leave a comment

Please to leave your comment.